quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

FAZ MAL ENGOLIR ESPERMA??



Não há mal algum em engolí-lo, desde que ele seja sadio, a não ser aqueles relacionados com os significados, que cada pessoa confere ao sexo e ao contato com os fluídos sexuais.

Estudos mostram que na composição do esperma encontramos os espermatozóides (que são os gametas masculinos) + o líquido da próstata (que contém Na, K, Ca, Zn, Mg, Ác. Cítrico e proteínas) + o líquido da vesícula seminal (que contém frutose, fosfatos, nitrogênio não protéico, cloretos, colina e prostaglandinas). Calcula-se que numa ejaculação média sejam liberados 4 centímetros cúbicos de esperma, pesando aproximadamente 4 gramas e, contendo menos de 35 calorias, proteínas e gorduras.

Frutose – É produzida nas vesículas seminais e é dependente de andrógenos. A ausência de frutose no sêmen, o baixo volume seminal e a falha do sêmen em coagular indicam a ausência congênita dos deferentes e vesículas seminais ou a obstrução dos ductos ejaculadores. Os níveis de frutose devem ser determinados em todo paciente com volume ejaculatório inferior a 1,5 ml. Inicialmente deve-se solicitar um teste qualitativo e, se este for negativo ou limítrofe, proceder à análise quantitativa de frutose.

Liquefação do sêmen ​– É um processo fisiológico que ocorre espontaneamente de 5 a 20 minutos após a ejaculação. Os elementos responsáveis pela coagulação são encontrados nas vesículas seminais, enquanto que as enzimas proteolíticas que iniciam a liquefação derivam da próstata.

Viscosidade do sêmen – Deve ser anotada. Alterações nestas características apontam para disfunções das glândulas acessórias e podem afetar a análise da motilidade e densidade do sêmen.

- See more at: https://www.hospitalsiriolibanes.org.br/hospital/especialidades/nucleo-avancado-urologia/Paginas/analise-semen.aspx#sthash.ebLVCmYT.dpuf

4 comentários: